Marcadores

Quanto ganha um profissional de Educação Física?

O sedentarismo é um fator prejudicial à saúde integral dos seres humanos, mas realizar atividades físicas sem supervisão pode ser ainda pior e acarretar uma série de males, como traumas, lesões, muitas dores e desconforto. Indispensável quando pensamos em promoção de saúde, é que o profissional de educação física é o responsável por planejar, coordenar e avaliar programas de atividades físicas, esportes e recreação.

Segundo o Sistema Nacional de Empregos (SINE), um profissional da área ganha de R$ 1.300 a R$ 2.200 mensais, no início da carreira. Ao longo da atividade, com oito ou mais anos de trabalho, ele pode ganhar de R$ 2.600 a R$ 4.300.

Dados do Conselho Regional de Educação Física (CREF) da Primeira Região (Espírito Santo e Rio de Janeiro) apontam que o piso salarial é de R$ 2.432,72 mensais (um dos maiores do país), pela jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Com o crescimento da área do fitness nesses últimos anos, sobretudo pela busca por serviços de atendimento personalizado (personal trainer), a renda média do profissional de educação física cresceu exponencialmente.

Bacharelado em Educação Física


A regulamentação do MEC determina que o bacharelado em Educação Física deve ter um mínimo de 3.200 horas/aula e sua conclusão deve ser feita em, pelo menos, quatro anos.

Apto a atuar em clubes, academias, spas, hotéis, resorts e outras instituições não escolares, o bacharel em Educação Física encontra oportunidades em um mercado mais amplo. Com funções que vão de planejar, organizar, desenvolver, supervisionar e até ministrar, em instituições não escolares, atividades físicas, recreativas e esportivas, esse profissional também pode prescrever atividades físicas e treinamento para grupos ou times esportivos e pessoas com doenças crônicas degenerativas, além de atuar como treinador pessoal (personal trainer).

O turismo ecológico e de aventura é também uma alternativa para o bacharel em Educação Física, que pode ainda trabalhar em grandes empresas que contam com programas de saúde e qualidade de vida.


Atuação do profissional

Quem deseja cursar educação física possui duas opções de formação: bacharelado e licenciatura. Na primeira opção, o profissional pode trabalhar em academias, clubes e em empresas. Com a licenciatura, pode dar aulas em escolas. Com um grande leque de opções no mercado de trabalho, a remuneração do profissional de educação física pode variar.

Como essa profissão envolve continuamente o contato com pessoas, é importante que esse profissional tenha facilidade em lidar com o público e paute a sua intervenção sempre pela ética profissional.

Quem prefere trabalhar em academia pode se especializar em diversas áreas, como: aquática, musculação, esportes, desenvolvimento motor ou ginástica. Um profissional de educação física que trabalha em academia pode chegar a ganhar até R$ 5 mil pode mês.

Além da contratação direta com academias, tem-se popularizado a atividade de personal trainers, para os quais a média salarial varia de acordo com a região – de R$ 50,00 a R$ 200,00 a hora/aula. A média nacional para esse profissional é de R$ 1.800,00 por cliente, mas muitos cobram por aula, sem manter um valor mensal estabelecido. Um personal trainer com boa clientela pode chegar a ter rendimentos acima dos R$ 15.000,00.

Já na área corporativa, há hoje uma procura por profissionais de educação física para o ensino da ginástica laboral. Nessa atividade, o profissional ganha, em média, R$ 3.000,00.


Piso salarial em Educação Física

Como não há um piso salarial regulamentado nacionalmente, a remuneração de profissionais de educação física varia de R$ 1.800,00 até R$ 3.000,00. Contudo, está em tramitação no congresso o Projeto de Lei 7006/2013, acrescido do Projeto 618/2015, que estabelece o salário mínimo de R$ 4.500,00 para profissionais de educação física, com uma jornada de 30 horas semanais e reajuste anual.

Vale ressaltar que a atividade laboral desse profissional é muito dinâmica, tendo ele a possibilidade de desenvolver, ao longo da jornada diária de trabalho, diferentes atividades, com remunerações distintas o que torna essa profissão muito atrativa do ponto de vista do retorno financeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário